Crise deixa investidor mais seletivo em startups

Crise deixa investidor mais seletivo em startups

O ano de 2020 prometia aportes recordes, seguindo o desempenho dos últimos três anos no país